Licenciamento Ambiental

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), órgão ambiental municipal integrante do Sistema Nacional de Meio Ambiente (SISNAMA), recebeu a atribuição quanto ao licenciamento ambiental de atividades potencialmente poluidoras e/ou utilizadoras dos recursos naturais de impacto local por meio do processo de descentralização para os serviços de monitoramento-fiscalização-licenciamento ambiental promulgado pelo Estado do Paraná, por intermédio do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) - atual Instituto Água e Terra (IAT). 

A assinatura do Termo de Cooperação ocorreu em junho de 2016 de acordo com a Lei Federal Complementar nº 140/2011 e Resolução SEDEST nº 110/2021. A Lei Municipal 1.664/2016, além de regulamentar a taxa ambiental, estabelece as tipologias de licenciamento, ou seja, qual tipo de atividade se encaixa em qual grupo de licenciamento e qual modalidade de licença o empreendedor deverá solicitar.

As solicitações devem ser protocoladas na CENTRAL DE ATENDIMENTO, disponível na página inicial; selecionando-se, dentre os assuntos, o documento necessário.


IMPORTANTE:

    1. A abertura dos protocolo deverá, obrigatoriamente, ser iniciada por usuário próprio da empresa, quando tratar-se de abertura de empresa; ou do proprietário (pessoa física ou jurídica) quando se tratar de intervenção em imóveis;
    2. A taxa ambiental será encaminhada somente após protocolização;
    3. O requerimento somente seguirá para análise mediante apresentação da documentação mínima necessária, bem como de comprovante de pagamento da taxa.


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA CADA MODALIDADE DE LICENCIAMENTO E ATIVIDADE LICENCIADOS:


DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA ABERTURA DE PROTOCOLOS ONLINE: 


TRANSPARÊNCIA:


Qualquer dúvida, entrar em contato pelo telefone: (41) 3590-3521.

Compartilhe seu conteúdo nas redes sociais: