Criado em 05/05/2022

Piraquara em parceria com a SESA reforça as ações de prevenção do mosquito transmissor da Dengue

A Secretaria de Saúde de Piraquara, por meio dos Agentes de Endemias em parceria com a equipe de Entomologia da Secretaria de Saúde do Estado do Paraná, reforça em Piraquara as ações de prevenção ao mosquito da Dengue, em virtude do aumento de casos registrados no Estado do Paraná no último mês.

A ação consiste na instalação de armadilhas compostas por um recipiente plástico de 10cm de diâmetro nos quintais de residências localizadas em áreas específicas, com maior propensão de aparecer criadouro do aedes aegypt. A armadilha do tipo ovitrampa, é preenchida com uma palheta de Eucatex e 300ml de água de torneira e tem como objetivo contribuir para a detecção de fêmeas de mosquitos presentes do ambiente, coletando os ovos do Aedes, facilitando assim, o controle de transmissão da Dengue e outras doenças.

Além da instalação, as armadilhas são monitoradas mensalmente, permanecendo quatro dias no quintal das residências com o retorno das equipes previsto em trinta dias para a instalação de outra armadilha, processo que será refeito pelo período de um ano, para que seja concluída a análise da presença do mosquito em Piraquara. Após o período descrito, as armadilhas serão recolhidas e avaliadas.

Anteriormente, o município já havia instalado 189 armadilhas em locais próximos de rios, mata fechada, ferro velho e outras áreas onde o acúmulo de água é mais frequente. Neste reforço da ação, foram implantadas 100 novas armadilhas em locais diferentes, o que já trouxe resultado, com novos criadouros sendo identificados e eliminados em tempo hábil.

As instalações de prevenção serão realizadas até março de 2023. Além dos reforços feitos pela Prefeitura para evitar a proliferação do mosquito aedes aegypt, é importante que a população colabore fazendo a sua parte.

Entre os principais cuidados estão:

- Não deixar água parada;
- Deixar sempre tampadas e lavadas as caixas d'água, poços, cacimbas, tambores de água ou tonéis, cisternas, jarras e filtros;
- Colocar areia fina até a borda do pratinho de planta para impedir o acumulo de água;
- Plantas que possam acumular água devem ser tratadas com água sanitária na proporção de uma colher de sopa para um litro de água, regando no mínimo, duas vezes por semana. Tire sempre a água acumulada nas folhas;
- Ao trocar o garrafão de água mineral, lava o suporte no qual a água fica acumulada;
- Lavar e trocar a água dos bebedouros de animais no mínimo uma vez por semana;
- Limpar frequentemente as calhas e a laje das casas;
- Manter a piscina sempre limpa e tratada com cloro;
- Manter o quintal limpo, recolhendo o lixo e detritos em volta das casas, limpando os latões e mantendo as lixeiras tampadas;
- Não jogar lixo em terrenos baldios, construções, ruas e praças.

Galeria

Tags:SAÚDE, dengue, prevenção
Compartilhe seu conteúdo nas redes sociais: